• Tércio Vitor

Quatro atitudes para contratar o CEO certo.

Estudo que durou dez anos para ser concluído traz descobertas sobre o projeto Genoma CEO. O objetivo do projeto é identificar atributos específicos que caracterizam CEOs de alto desempenho.

Foi investigado um banco de dados criado por consultoria contendo mais de 17 mil avaliações de executivos C-level, dos quais dois mil CEOs.



O que você vai encontrar nesse artigo:


  1. Decidir com Rapidez e Convicção.

  2. Conquistar para Causar Impacto.

  3. Adaptar-se Proativamente.

  4. Transmitir Confiança.


A consultoria ghSMART com foco em liderança, em parceria com economistas da University of Chicago e da Copenhagen Business School e com analistas da SAS Inc. Investigaram um banco de dados criado pela consultoria contendo mais de 17 mil avaliações de executivos C-level, dos quais dois mil CEOs.


O banco de dados armazenou informações detalhadas sobre carreira de cada líder, resultados de #negócios e padrões de comportamento. Foram esquadrinhadas informações que distinguia candidatos que foram contratados como CEOs dos que foram preteridos, além do que diferencia os que sobressaiam no cargo daqueles cujo o desempenho foi insuficiente.


Contudo, a principal descoberta do estudo foi notar CEOs bem-sucedidos adotam quatro atitudes fundamentais para o seu bom desempenho. Descobriu-se também, que quando um conselho se preocupa com tais atitudes durante o processo de seleção e desenvolvimento, a chance de contratar um CEOs certo aumenta significativamente.



AS QUATRO ATITUDES:



Atitude Nº 1 - Decidir com Rapidez e Convicção.


De acordo com o estudo, CEOs de alto desempenho não se destacam, necessariamente, pela capacidade de tomar ótimas decisões a todo instante, mas por ser mais “resolutos”. CEOs resolutos sabem que não podem esperar pela informação perfeita. A partir do momento em que tem 65% de certeza sobre a resposta, então tomam uma decisão. Entre os CEOs que foram demitidos por motivos relacionados a decisões, descobriu-se que apenas um terço perdeu o emprego porque fez escolhas ruins; os demais foram dispensados porque eram indecisos.



Atitude Nº 2 - Conquistar para Causar Impacto.


Assim que o CEOs definem claramente o curso dos #negócios, eles devem conseguir apoio entre seus funcionários e acionistas. Nota-se que aqueles que conseguem uma grande performance são os que equilibram insights perspicazes junto às prioridades de seus acionistas com um foco inexorável na obtenção de resultados.

Segundo os dados, CEOs que habilmente conquistaram acionistas com essa orientação de resultados conseguiram 75% mais sucesso no cargo.



Atitude Nº 3 - Adaptar-se Proativamente.


A análise do estudo aponta que, CEOs que se destacam na adaptação são 6,7 vezes mais propensos a triunfar. Os próprio CEOs mencionaram inúmeras vezes que essa habilidade é essencial. CEOs mais capazes de se adaptar reconhecem que reveses são parte integrante da mudança de rumo e tratam seus erros como oportunidades para aprender e crescer. CEOs que encararam reveses como fracassos passaram a ter 50% menos chance de prosperar. Os CEOs bem-sucedidos, por sua vez, ofereceram, impassivelmente, razões práticas de como e onde fracassaram e deram exemplos específicos de como adaptaram suas abordagens para melhorar na oportunidade seguinte.


Atitude Nº 4 - Transmitir Confiança.


Os candidatos a CEOs que atingiram as maiores pontuações em confiabilidade tinham duas vezes mais chances de ser escolhidos para o cargo e 15 vezes mais de desempenhá-lo com sucesso. Os líderes que ignoram a importância da confiabilidade o fazem por sua conta e risco. Os dados do estudo confirmam a importância soberana da confiabilidade. Uma impressionante marca de 94% dos melhores candidatos a CEO que foram analisados conseguiram notas altas em relação à capacidade de concluir, consistentemente, seus projetos. Por fim, a pesquisa mostra que a liderança de sucesso não é um posto de características inalteráveis ou de pedigree inatingível. E não há nada de exótico nos ingredientes mais importantes: capacidade de decisão, habilidade de conquistar acionistas, adaptabilidade e confiabilidade.


Espero que essas atitudes sejam utéis para o seu negócio ou carreira profissional.


Se gostou desse artigo, leia também: nove dicas para encurtar o ciclo de vendas


Compartilhe nas redes sociais


© 2020 por  AA & T - Consultoria  & Treinamentos. 

  • Facebook - círculo cinza
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube