• Tércio Vitor

9 dicas para encurtar seu ciclo de vendas.

Uma pergunta que os gestores comerciais e as empresas fazem a todo tempo é: “Como podemos encurtar nosso ciclo de vendas?”. Não há fórmulas mágicas, mas existem algumas atitudes que podem contribuir para isso.

Nesse artigo é apontado nove dicas e/ou comportamentos que se praticados adequadamente por sua equipe irá reduzir significativamente o ciclo de vendas de sua empresa.


O que você vai encontrar nesse artigo:

  1. Prospect Clientes com perfil ideal e mensagens adequadas;

  2. Tenha um processo de vendas estabelecido;

  3. Eduque sua equipe para usar o processo de vendas;

  4. Venda mais benefícios - explore o que seu produto faz pelo cliente;

  5. Conheça todos os agentes que influenciam e decidem a compra;

  6. Compreenda o processo de compra de seus clientes;

  7. Preocupe-se com o negócio do cliente;

  8. Dê a seus clientes algo de valor sem cobrar por isso;

  9. Gaste mais energia nas oportunidades qualificadas.


DICA Nº 1 – PROSPECT CLIENTES COM PERFIL IDEAL E MENSAGENS ADEQUADAS.


Leva tempo até que se consiga ajustar o perfil ideal dos clientes e a forma de se comunicar com eles. As empresas vendem para organizações e pessoas erradas o tempo todo. Isso consome todo tipo de energia e recursos imagináveis. Às vezes até acertam a pessoa, mas usam uma linguagem inapropriada. É como se utilizassem um jargão técnico para falar com leigo.


Toda organização quer ter cada vez mais clientes – é da natureza de todo negócio e de qualquer empreendimento – e sempre que algum #cliente em potencial demonstra interesse por seu produto ou serviço, sua equipe é acometida de expectativas, e até certo ponto, desespero.


Há uma frase de muito efeito no mercado que diz: “Escolha um nicho e fique rico”. Isso é bastante reflexivo, se os esforços de marketing e #vendas não estão focados no cliente de perfil ideal, provavelmente sua empresa está perdendo tempo e energia tentando vender o seu produto ou serviço para quem não o quer ou não precisa dele.


DICA Nº 2 – TENHA UM PROCESSO DE VENDAS ESTABELECIDO.


Você tem um processo de vendas estabelecido em sua empresa? Se sua resposta for não, trate de criar um. Qualquer processo é melhor do que nenhum. Sempre é possível melhorar um processo, desde que ele exista.


Não existe nada mais desgastante e confuso para sua equipe, do que efetuar vendas aleatoriamente. Portanto, se venda ocorre de forma aleatória em sua empresa, sem qualquer processo ou método, jamais conseguirá aprimorá-la. Sem contar que, agindo assim, a rentabilidade da venda e, consequentemente, a lucratividade do negócio ficam comprometidos.


Isso posto, tenha um processo de vendas estabelecido e aprimore o mesmo com regularidade.


DICA Nº 3 – EDUQUE SUA EQUIPE PARA USAR O PROCESSO DE VENDAS.

De nada adianta ter um excelente processo de vendas e não usá-lo. Digamos que sua empresa já tenha um processo de vendas bem desenhado, mas, na prática, ele não está funcionando como deveria. Será que seus vendedores estão seguindo corretamente as etapas do processo? Será que ele é simples para ser usado sem dificuldades?


Processos complexos tem sua adesão reduzida. A vida já está complexa demais – aliviar para sua equipe de vendas faz total diferença nos resultados. Como sua equipe se comporta na prática em relação ao processo? Você teve o cuidado de adaptar o processo ao seu negócio? Será que seus vendedores tem alguma dificuldade para usá-lo?

Qual foi a última vez que você sentou com um vendedor ou com a equipe toda para saber o que eles realmente fazem no dia a dia e quão eficaz isso é?

Todas essas perguntas precisam serem refletidas e respondidas pelo gestor comercial de sua empresa.


DICA Nº 4 – VENDA MAIS BENEFÍCIOS – EXPLORE O QUE SEU PRODUTO FAZ PELO CLIENTE.

Parece óbvio, mas é sempre bom lembrar que a única coisa que o cliente quer ou tem interesse em comprar é aquilo que seu produto faz por ele ou pelo negócio dele. Nenhum cliente em sã consciência compra algum produto ou serviço pelo que ele é em sim, mas pelo que ele faz.


Por isso, em vendas tudo é óbvio – e o obvio existe para ser praticado.

Seus vendedores estão apenas empurrando os produtos nos clientes ou estão provando a eles que são capazes de ajudá-los a satisfazer seus desejos, suprir suas necessidades, superar suas expectativas e resolver seus problemas?


Seus vendedores estão descartando clientes o suficiente ou são do tipo que não perdem uma venda? Eles conseguem construir uma visão conjunta com o cliente, que faça com que o seu produto seja puxado em vez de empurrado, rumo a um acordo?


DICA Nº 5 – CONHEÇA TODOS OS AGENTES QUE INFLUENCIAM E DECIDEM A COMPRA

Descubra rápido quem tem influência e poder de decisão para comprar. Eu sei que isso também não é nenhuma novidade, mas a maioria dos vendedores não faz o dever de casa. Eles perdem muito tempo com pessoas erradas. Às vezes eles tem receio em lidar com o pessoal de nível mais elevado na hierarquia da empresa e acabarem perdendo o negócio.


Vendedores tendem a dar mais atenção às pessoas que estão mais dispostas a gastarem mais tempo com eles – em detrimento de pessoas que impactam fortemente no processo de compra.


Nas reuniões com seus vendedores cobre deles um levantamento das pessoas que influenciam e decidem a compra em cada visita a clientes que eles fizerem.


Se seus vendedores não souberem identificar com clareza quem são os influenciadores e tomadores de decisão no processo de compra de cada cliente visitado, eles estarão alongando e não encurtando o ciclo de venda.


Faça exercícios de simulações dentro da sua empresa, com colaboradores que possam pensar e falar como se fossem os influenciadores e tomadores de decisão com os quais os vendedores irão se deparar no dia a dia em campo ou mesmo à distância. Isso vai ajudá-los a ter mais confiança e a ter conversas melhores com o pessoal de nível mais sênior.


Posicionar a equipe do comercial e marketing para alcançar esse pessoal de nível mais alto é fundamental para encurtar o ciclo de vendas.


DICA Nº 6 – COMPREENDA O PROCESSO DE COMPRAS DE SEUS CLIENTES.

Oriente sua equipe de vendas a perguntar para seus clientes em potencial como funciona o processo de compra na empresa deles. Toda empresa tem suas particularidades. Certifique-se de que seus vendedores não têm receio de perguntar.


Quanto melhor for a compreensão sobre o processo de compra do cliente, mais fácil será descobrir se o seu produto ou serviço pode ou não ajudá-lo.


Se o ciclo de vendas típico no mercado em que sua empresa atua é de seis meses, não há motivo para ficar impaciente já no terceiro mês.


Algumas perguntas que ajudam a sua equipe descobrir como funciona o processo de compra dos clientes:

  • Como é o processo normal para vocês avaliarem e comprarem esse tipo de produto?

  • Em quanto tempo você acredita que teremos uma decisão sobre a compra (30, 60,90 dias)?

  • O que precisaremos para fechar esse negócio? (Mais à frente no ciclo de vendas).

Ao fazer esse tipo de perguntas o mais relevante não é o que você pergunta em si, mas como pergunta, ou seja, a maneira de perguntar. Sempre questione de maneira segura e seja o mais natural possível. Jamais deixe transparecer qualquer insegurança.


DICA Nº 7 – PREOCUPE-SE COM O NEGÓCIO DO CLIENTE

Será que sua equipe realmente se importa em melhorar o negócio do cliente ou quer apenas vender para ele? Os melhores profissionais de vendas preocupam-se em tornar os seus respectivos clientes bem-sucedidos.


Como ajudar seus clientes mesmo que ainda não haja uma relação comercial entre vocês? Que recursos, notícias, referências, conselhos ou outra coisa de valor você poderia compartilhar com seus futuros clientes? Como você ou seus vendedores poderiam encantá-los mesmo antes da primeira compra?


Lembre-se de que vivemos em uma época onde vale muito a experiência do cliente. Essa experiência se dá em todos os pontos de contato na #jornada do cliente. O envolvimento com o cliente é relacional e não meramente transacional. Portanto, não começa e nem termina só no momento de realizar a transação, ou seja, efetuar a #venda.


Por isso, o foco no negócio do cliente estabelece uma relação de confiança, o que acaba trazendo vendas recorrentes, defesa de marca e a consequente, fidelização do cliente.


DICA Nº 8 – DÊ A SEUS CLIENTES ALGO DE VALOR SEM COBRAR POR ISSO.

Se você ainda está tentando captar um novo cliente, mas está encontrando dificuldades, experimente dar a eles algo que seja de valor, mas sem cobrar por isso. Pode ser qualquer coisa relacionada ao seu produto e que tenha valor para o cliente. Observe em seu portfólio de produtos e veja o que você pode oferecer gratuitamente ao seu cliente.


Comprovar que você é bom no que faz tem muito mais efeito do que discursos vazios e monótonos. Mas cuidado para não encher o cliente de coisas que não tem nada a ver com o #negócio dele. Você deve adequar essa evidencias aos desejos, as #necessidades, as expectativas e aos problemas do que ele enfrenta. Do contrário, não produzirá o efeito esperado - será perda de tempo.


DICA Nº 9 – GASTE MAIS ENERGIA NAS OPORTUNIDADES QUALIFICADAS.

Por desespero, pressão por atingir metas ou falta de clareza sobre o perfil ideal de cliente, muitos vendedores acabam gastando muito tempo com contas e oportunidades sem perfil ideal, que não levam a nada, simplesmente porque parece mais fácil continuar trabalhando nelas do que começar o trabalho em uma nova conta.


Talvez o cliente que não tem o perfil ideal hoje, poderá vir a ter amanhã. Por essa razão, ele não deve ser esquecido definitivamente. Todavia, o profissional de vendas deve saber priorizar o tempo certo para se trabalhar cada perfil de cliente de maneira produtiva, gerando eficácia em #vendas, produzindo os resultados esperados.


Para tanto, é necessário que os vendedores façam periodicamente, uma espécie de faxina em suas carteiras de clientes para filtrar as oportunidades reais de vendas. Essa análise permite eliminar ainda que temporariamente, as oportunidades ruins e abre espaço para novas oportunidades qualificadas.


Vale lembrar que, não existem clientes ruins, existem clientes que ainda não estão no perfil ideal para o memento. Para esse tipo de cliente, por enquanto, não vale a pena gastar sua energia e tempo com ele. É melhor se concentrar nas oportunidades qualificadas.

Espero que essas dicas sejam úteis para você e sua equipe de vendedores!


Coloque-as em prática e boas vendas. $ucesso sempre!


Se gostou deste artigo, leia também: como vender mais na pandemia?

Compartilhe nas redes sociais!

© 2020 por  AA & T - Consultoria  & Treinamentos. 

  • Facebook - círculo cinza
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube